Profissionais de Saúde

A sua equipa de profissionais de saúde

Falar com a equipa de profissionais de saúde que o acompanha sobre os seus sintomas pode ajudá-lo a obter um aconselhamento personalizado e focado no seu caso específico.

Falar sobre os seus sintomas de Esclerose Múltipla (EM)

Existem múltiplos sintomas de Esclerose Múltipla e compreender de que forma todos, quer os “visíveis”, quer os “invisíveis”, podem afetá-lo é o primeiro passo para o ajudar a falar sobre este assunto com a sua família, amigos e profissionais de saúde.[1]

street

As perguntas que se seguem destinam-se a ajudá-lo a considerar todos os sintomas da sua Esclerose Múltipla, para que possa falar abertamente com a equipa de profissionais de saúde que o acompanha. Não são uma ferramenta de diagnóstico – são apenas alguns exemplos para abordar de que forma os sintomas "visíveis" e "invisíveis" podem afetar uma pessoa com Esclerose Múltipla.

  • Que sintomas de Esclerose Múltipla(EM) são mais preocupantes para si?
  • Sente-se à vontade para discutir os sintomas “invisíveis”?
  • Questiona-se se os seus sintomas são decorrentes da doença ou parte da vida quotidiana?
  • Os seus sintomas afetam a sua vida diária?
  • Os seus sintomas alguma vez afetaram as suas relações com os seus familiares e amigos?
  • Sente que as pessoas não compreendem ou ignoram os seus sintomas?
  • Os seus sintomas impedem-no de trabalhar ou de participar na vida familiar?
  • Que aspetos do seu tratamento são mais úteis para si?

Ajude a sua equipa de profissionais de saúde, família e amigos a entendê-lo e apoiá-lo, descrevendo claramente como os sintomas da Esclerose Múltipla o afetam, e o que está a fazer para tentar gerir a doença.

Lembre-se, não está sozinho!

A Esclerose Múltipla afeta cada doente de maneira diferente.

Existem várias formas de pensar e de agir sobre a doença.[2][3]

Os sintomas são uma parte da vida com Esclerose Múltipla sobre a qual pode conversar com o seu médico para aprender a geri-los.

Anotar dúvidas ou preocupações que tenha sobre os seus sintomas de Esclerose Múltipla, para que os possa abordar numa próxima consulta com o seu médico ou reunião com a equipa de profissionais de saúde que o acompanha.[4]

Se isso o fizer sentir-se bem, fale sobre os seus sintomas com as pessoas que lhe são próximas.

  • Prescrever uma terapêutica para o ajudar a gerir os diferentes sintomas da Esclerose Múltipla;
  • Recomendar tratamentos alternativos ou estratégias de controlo para o ajudar a gerir os seus sintomas;[5]
  • Ajudá-lo a entender os sintomas que está a enfrentar.

As sugestões descritas não substituem o aconselhamento médico.

Converse sempre com o seu médico sobre a melhor maneira de gerir a sua Esclerose Múltipla e os seus sintomas.

Associações de Doentes

Este website foi desenvolvido exclusivamente pela Janssen Pharmaceutica NV. As Associações de Doentes e as fontes listadas abaixo são meios de informação adicional e independente que lhe podem ser úteis. Os mesmos não estiveram envolvidos na criação deste website, nem têm qualquer responsabilidade em relação aos seus conteúdos.

Cards Associações

ANEM - Associação Nacional de Esclerose Múltipla

Site

Facebook

Instagram

Twitter

Email: anem@anem.org.pt

Contactos:

+351224631985

+351965055885

+351918081187

SPEM - Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla

Bibliografia

Penner IK. Evaluation of cognition and fatigue in multiple sclerosis: daily practice and future directions. Acta Neurol Scand. 2016; 134 Suppl 200: 19-23. doi:10.1111/ane.12651.
Kister I, Bacon TE, Chamot E, et al. Natural history of multiple sclerosis symptoms. Int J MS Care. 2013; 15(3): 146-158. doi:10.7224/1537-2073.2012-053.
Maguire R, Maguire P. Caregiver Burden in Multiple Sclerosis: Recent Trends and Future Directions. Curr Neurol Neurosci Rep. 2020; 20(7): 18. Published 2020 May 22. doi:10.1007/s11910-020-01043-5.
National Institutes of Health/NIH Office Communications-Public-Liaison/Clear communication/Talking to your doctor. Última vez acedido em 27 de agosto de 2020. https://www.nih.gov/institutes-nih/nih-officedirector/office-communications-public-liaison/clear-communication/talking-your-doctor
de Sa JC, Airas L, Bartholome E, et al. Symptomatic therapy in multiple sclerosis: a review for a multimodal approach in clinical practice. Ther Adv Neurol Disord. 2011; 4(3): 139-168. doi:10.1177/1756285611403646.
Logo Janssen | Pharmaceutical Companies of Johnson & Johnson