Metas de Saúde para Mim

Metas de Saúde para Mim

Compreender o guia Metas de Saúde para Mim

O guia Metas de Saúde para Mim destina-se a si e ao seu médico, e tem como objetivo fomentar a transição de uma abordagem de “objetivos iguais para todos” no diagnóstico, tratamento e supressão viral, para uma abordagem de "Metas de Saúde para Mim", ou seja, uma vida saudável com VIH com base naquilo que é mais importante para si.

Este recurso foi elaborado para ajudar cada doente a trabalhar em estreita colaboração com o seu médico, por forma a facilitar o processo de desenvolvimento e adaptação do plano de cuidados, que deve ser contínuo e ajustado às metas de qualidade de vida de cada um.

Livro Branco: “Moving Fourth” Capítulo 1

Saiba mais a conceção do guia Metas de Saúde para Mim no primeiro capítulo do “Moving Fourth” e conheça a nossa visão sobre o que é uma vida saudável com VIH, indo muito além da supressão viral.

Infographic

Infografia: “Moving Fourth” Introdução

Conheça as três etapas do guia Metas de Saúde para Mim. Descubra as nossas sugestões para colaborar com o seu médico na definição dos seus objetivos de qualidade de vida individuais.

O guia Metas de Saúde para Mim

O primeiro passo do guia Metas de Saúde para Mim é "Perguntar e Medir" e pretende ajudá-lo a envolver-se na gestão da sua vida saudável a longo prazo.

O seu médico poderá ajudá-lo a priorizar as metas de qualidade de vida mais importantes para si – primeiro, colocando as perguntas certas que permitem identificar esses objetivos, e, em seguida, medindo-as com precisão para obter informações importantes.

Nesta secção, descrevemos o sistema desenvolvido pelo grupo de especialistas em VIH para implementar este primeiro passo na prática clínica. Este sistema inclui instrumentos de medição dos resultados reportados pelo doente (Patient Reported Outcome Measures – PROM), ferramentas tais como questionários, que o seu médico pode usar para compreender o seu estado de saúde e a sua qualidade de vida.

Para saber mais sobre a etapa "Perguntar e Medir" e a metodologia subjacente, consulte o Livro Branco do Segundo Capítulo.

Pode também ver as sugestões de PROM do Comité de Direção na área Recursos.

Livro Branco: “Moving Fourth” Capítulo 2

O segundo capítulo do Livro Branco apresenta uma descrição aprofundada da etapa "Perguntar e Medir", do seu papel no guia Metas de Saúde para Mim e das medidas dos resultados reportados pelos doentes (PROM) recomendados pelo nosso Comité de Direção.

O sistema "Perguntar e Medir"

Desenvolvido pelo nosso Comité de Direção (Steering Committee) composto por um grupo de especialistas em VIH, o sistema "Perguntar e Medir" fornece uma metodologia prática para a identificação das medidas dos resultados reportados pelos doentes (PROM) que cada indivíduo mais valoriza.

Depois de avaliar o seu estado de saúde no geral, o seu médico pode aprofundar a sua história clínica, fazendo perguntas específicas que permitem identificar áreas mais desafiantes e como estas o têm afetado.

Depois das suas informações de saúde serem corretamente medidas, a segunda etapa do guia Metas de Saúde para Mim é "Comentar e Debater". O objetivo é devolver-lhe as informações que foram recolhidas e medidas pelo seu médico durante a etapa anterior, para que em conjunto possam discutir de que forma as mudanças no seu estilo de vida e no seu plano de tratamento já fazem ou poderão vir a fazer a diferença rumo a uma vida saudável com VIH a longo prazo.

As informações fornecidas nesta etapa serão relevantes para si e de fácil interpretação, permitindo-lhe discutir a pertinência de cada uma das informações, para que possa escolher a intervenção mais apropriada e tomar decisões sobre os cuidados de saúde que gostaria de receber, reforçando a compreensão mútua e um ciclo positivo de partilha entre si e o seu médico.

Nesta secção descrevemos um conjunto de recomendações práticas desenvolvidas pelos especialistas em VIH, para o ajudar a estimular a comunicação e a tomada de decisões com o seu médico.

Poderá ler essas recomendações e aprender mais com o Parecer Especializado sobre "Comentar e Debater".

Parecer Especializado sobre "Comentar e Debater"

Compreenda em que medida a etapa "Comentar e Debater" é uma abordagem importante no tratamento do VIH que transformou a relação médico-doente no tratamento de doenças a longo prazo, e como uma comunicação consistente é fundamental no tratamento continuado.

Recomendações Práticas para Profissionais de Saúde

O objetivo do Comité de Direção do "Moving Fourth" (Steering Committee) é ir além do aumento da consciencialização para a necessidade de melhores práticas clínicas. É também fornecer-lhe a si e aos profissionais de saúde um conjunto de ferramentas úteis que, juntas, podem ajudar a alcançar a quarta meta “90”* – uma melhor qualidade de vida para quem recebe tratamento para o VIH.

Esta infografia é destinada a profissionais de saúde e destaca as recomendações do Comité de Direção, para doentes e médicos tirarem o máximo partido de cada consulta.

*Depois do lançamento do guia Metas de Saúde para Mim, a ONUSIDA anunciou a meta “95-95-95” para combater a epidemia associada ao vírus da SIDA. Apesar desta atualização, o Comité de Direção do “Moving Fourth” mantém a sua convicção de que a melhoria da qualidade de vida continua a ser um objetivo fundamental para os doentes viverem uma vida mais saudável. Nesse sentido, o guia Metas de Saúde para Mim continua a ser uma importante ferramenta na luta contra o VIH/SIDA.

A terceira e última etapa do guia Metas de Saúde para Mim é a “Intervenção”. Esta etapa consiste em usar os resultados medidos da sua qualidade de vida, bem como os comentários da etapa anterior, para estabelecer as suas metas e o seu plano de cuidados individual, através de um processo de tomada de decisão partilhado entre si e o seu médico.

A informação recolhida nas etapas anteriores permitirá ao seu médico recomendar-lhe um tratamento adequado às suas necessidades. Nesse sentido, é importante discutir com o seu médico o que foi medido anteriormente, uma vez que isso permitirá o seu envolvimento nas decisões do tratamento – que pode implicar a adoção de mudanças no seu estilo de vida ou alternativas terapêuticas.

Abordar a Intervenção: estudos de caso

Não há duas relações médico-doente iguais. No entanto, conhecer as experiências e os desafios de outras pessoas que vivem com VIH pode ajudá-lo a compreender qual a melhor forma, para si, de abordar as questões pessoais relacionadas com a sua doença. Os seguintes estudos de caso são exemplos reais da aplicação prática do guia Metas de Saúde para Mim, quer por médicos, quer por doentes, rumo a soluções para melhorar a qualidade de vida.

Disfunção sexual

Nem todas as questões relacionadas com a qualidade de vida dos doentes são imediatamente visíveis. Neste estudo de caso, o Dr. Joop Arends fala sobre como a medição objetiva da qualidade de vida pode revelar questões que não tinham sido apontadas durante a avaliação informal.

Medo do estigma

O Dr. Adrian Curran explica como trabalhou com uma jovem para superar o medo do estigma, que ele suspeitava estar subjacente a uma série de outros problemas associados à qualidade de vida desta doente com VIH.

Bibliografia

Abbasi, M. R., Sparano, J. A., Talavera, F., Besa, E. C., 2019. What is the prevalence of mantle cell lymphoma (MCL)? (Internet). Medscape. Disponível em: https://www.medscape.com/answers/203085-173653/what-is-the-prevalence-of-mantle-cell-lymphoma-mcl
Lymphoma and the lymphatic system (Internet). Macmillan Cancer Support. Disponível em: https://www.macmillan.org.uk/cancer-information-and-support/lymphoma/lymphoma-and-the-lymphatic-system
Mantle cell lymphoma (Internet). Cancer Research UK, 2020. Disponível em: https://www.cancerresearchuk.org/about-cancer/non-hodgkin-lymphoma/types/mantle-cell
Non-Hodgkin lymphoma (Internet). NHS, 2018. Disponível em: https://www.nhs.uk/conditions/non-hodgkin-lymphoma/
Lymphoma and the immune system (Internet). Lymphoma Action. Disponível em: https://lymphoma-action.org.uk/about-lymphoma-what-lymphoma-immune-system/lymphoma-and-immune-system
Mantle cell lymphoma (Internet). Lymphoma Action. Disponível em: https://lymphoma-action.org.uk/types-lymphoma-non-hodgkin-lymphoma/mantle-cell-lymphoma
Lymph Nodes and Cancer (Internet). American Cancer Society, 2021. Disponível em: https://www.cancer.org/cancer/cancer-basics/lymph-nodes-and-cancer.html
Lumps (Internet). NHS, 2021. Disponível em: https://www.nhs.uk/conditions/lumps/
Mantle cell lymphoma (Internet). Macmillan Cancer Support. Disponível em: https://www.macmillan.org.uk/cancer-information-and-support/lymphoma/mantle-cell
Low Grade Lymphoma: What You Need To Know (Internet). Lymphoma News Today. Disponível em: https://lymphomanewstoday.com/low-grade-lymphoma/
Ladha, A., Zhao, J., Epner, E. M., Pu, J. J., Mantle cell lymphoma and its management: where are we now? (Internet). BMC, 2019. Disponível em: https://ehoonline.biomedcentral.com/articles/10.1186/s40164-019-0126-0
Abbasi, M. R., Sparano, J. A., Talavera, F., Besa, E. C., 2020. Mantle Cell Lymphoma (Internet). Medscape. Disponível em: https://emedicine.medscape.com/article/203085-overview
Non-Hodgkin Lymphoma Risk Factors (Internet). American Cancer Society.,2020. Disponível em: https://www.cancer.org/cancer/non-hodgkin-lymphoma/causes-risks-prevention/risk-factors.html
Active monitoring (watch and wait) (Internet). Lymphoma Action. Disponível em: https://lymphoma-action.org.uk/about-lymphoma-treatment-lymphoma/active-monitoring-watch-and-wait
Coping (Internet). Cancer Research UK, 2021. Disponível em: https://www.cancerresearchuk.org/about-cancer/non-hodgkin-lymphoma/living-with/coping
The emotional impact of living with lymphoma (Internet). Lymphoma Action, 2021. Disponível em: https://lymphoma-action.org.uk/about-lymphoma-living-and-beyond-lymphoma/emotional-impact-living-lymphoma