Relacionamentos, intimidade e planeamento familiar na Hipertensão Arterial Pulmonar

Relacionamentos, intimidade e planeamento familiar na Hipertensão Arterial Pulmonar

Para quem tem Hipertensão Arterial Pulmonar, os relacionamentos e a intimidade podem requerer algumas adaptações e, em certas situações, pode até ser necessária uma nova abordagem.

A par com a gestão clínica da Hipertensão Arterial Pulmonar, é desejável desenvolver e manter relações saudáveis e íntimas (sempre mediante as necessidades e desejos de cada um), que tantas vezes contribuem o nosso bem-estar geral, sobretudo no âmbito da Hipertensão Arterial Pulmonar, dado o número de doentes que experienciam momentos de ansiedade e depressão.1

Quando se vive com Hipertensão Arterial Pulmonar (HAP) é essencial a existência de planeamento familiar, sobretudo para as mulheres, uma vez que o parto coloca a mãe e o bebé em risco.2 É por isso fortemente recomendado que as mulheres com HAP não engravidem.2 A gravidez pode ter um enorme impacto na Hipertensão Pulmonar e, como tal, qualquer projeto familiar deve ser discutido entre o casal e com a equipa de profissionais de saúde que a acompanha.

hands

Hipertensão Arterial Pulmonar e os Relacionamentos

Confira algumas dicas sobre como manter um relacionamento íntimo e saudável quando se vive com Hipertensão Arterial Pulmonar:

speak

Fale com o seu médico

  • Se os problemas de intimidade estiverem a afetar a sua qualidade de vida, procure conversar com o profissional de saúde que o segue. Este poderá aconselhá-lo e/ou orientá-lo. Lembre-se que é perfeitamente aceitável falar sobre a sua intimidade durante as consultas, pois esta contribui para o seu bem-estar diário.
  • Médicos, especialistas em Hipertensão Arterial Pulmonar, especialistas em ginecologia e obstetrícia, urologistas e enfermeiros especialistas poderão oferecer conselhos sobre intimidade e saúde sexual – o importante é que, enquanto doente, resolva as suas preocupações com a ajuda de um profissional qualificado e se sinta confortável e apoiado.
communicate

Fale com o(a) seu(sua) parceiro(a)

  • Fale com o seu(sua) parceiro(a) sobre o vosso relacionamento, intimidade e planeamento familiar. Essa abertura pode contribuir para que se sinta mais confortável com a intimidade física, e ajudar o seu(sua) parceiro(a) a compreender como o/a pode apoiar da melhor maneira possível. O dia a dia pode afetar os seus níveis de energia e, por sua vez, a capacidade/interesse em desenvolver contactos íntimos.
  • Após algumas conversas iniciais, podem identificar em conjunto formas de seguirem em frente com o objetivo de manterem um relacionamento saudável e funcional para ambos.
connect

Conheça outros doentes

  • Juntar-se a um grupo de apoio para doentes pode ser uma ajuda; assim terá oportunidade de falar com outras pessoas que vivem com Hipertensão Arterial Pulmonar e partilhar experiências num espaço seguro – isto se estiver confortável e pretender fazê-lo, claro.
  • Também existem fóruns online dedicados à Hipertensão Arterial Pulmonar que podem ser úteis para conhecer outras histórias e pessoas que vivem com a doença.

Visite www.phaeurope.org e conheça a lista de associações e organizações existentes em toda a Europa.

Planeamento Familiar

Engravidar quando se tem Hipertensão Arterial Pulmonar pode colocar a mãe e o bebé em risco. Por isso, a gravidez é fortemente desaconselhada em mulheres com esta doença.1
  • Recomenda-se o uso de dois métodos contracetivos de barreira diferentes durante a relação sexual para evitar a gravidez. Os profissionais de saúde podem dar-lhe conselhos sobre os melhores métodos contracetivos disponíveis.12
  • Se gostaria de criar uma família, há uma variedade de recursos elaborados por associações de doentes para ajudá-la(o) a dar os próximos passos. A adoção e a gestação de substituição, dependendo das leis de cada país, podem ser uma opção a considerar. É fundamental que fale com o seu médico especialista. Posteriormente, também pode procurar apoio de uma associação de doentes ou achar útil falar sobre as suas experiências com outras famílias afetadas pela Hipertensão Arterial Pulmonar.3
  • Saiba que não está sozinha e que pode precisar de apoio. Juntar-se a um grupo de apoio a doentes ou a um fórum online pode ajudar. Se sente que precisa de aconselhamento especializado, não hesite em procurar um psicólogo ou um profissional de saúde habilitado.
family

Visite as páginas Viver bem com Hipertensão Arterial Pulmonar ou Links e ferramentas úteis para obter mais informações.