Leucemia Linfocítica Crónica (LLC)

Viver com Leucemia Linfocítica Crónica (LLC)

Quando o doente é diagnosticado com Leucemia Linfocítica Crónica (LLC), é normal que fique em choque e se sinta ansioso, descrente ou desanimado.[1] Também é normal que surjam dúvidas e preocupações. Por isso, é fundamental que esteja o melhor informado possível, sobre a doença e possíveis tratamentos, para que tome decisões com as quais se sinta confortável.

É importante cuidar não apenas da sua saúde física, mas também da saúde mental. Os sintomas e os efeitos secundários dos tratamentos da Leucemia Linfocítica Crónica podem ter um enorme impacto na vida quotidiana. Assim, a rotina diária, a socialização com amigos e as idas para o trabalho podem tornar-se momentos difíceis, o que pode implicar um custo emocional e mental. Por outro lado, a abordagem 'observar e esperar' – comum em alguns casos de Leucemia Linfocítica Crónica – pode gerar ansiedade e criar a sensação de mau acompanhamento médico.

Recomenda-se por isso que o doente converse abertamente com familiares e amigos próximos sobre o seu estado de ânimo. O médico assistente pode aconselhá-lo sobre grupos de apoio ou serviços médicos e sociais disponíveis, bem como partilhar detalhadamente o protocolo de tratamentos.

A Leucemia Linfocítica Crónica (LLC) afeta os glóbulos brancos, tornando o doente mais suscetível a infeções. [2] Nesse sentido, recomenda-se a higienização das mãos de forma regular. O doente poderá ainda falar com o seu médico sobre algumas vacinas úteis nesta fase, bem como sobre outras medidas preventivas para evitar infeções.

O tratamento também pode deixar o doente cansado e com náuseas.[2] Procure manter-se ativo e fazer uma dieta equilibrada e saudável para manter a sua força e evitar a perda de peso.

Manter-se saudável através da dieta e nutrição[3]

Uma dieta saudável e equilibrada é um passo importante para cuidar de si, lidar com a Leucemia Linfocítica Crónica (LLC) e qualquer tratamento. Alimente-se e nutra-se bem – se não consegue fazer grandes refeições, tente comer pequenas refeições com maior frequência ou ingira bebidas nutritivas que aumentem a sua ingestão de energia e complementem as refeições quando a alimentação se torna difícil ou está com pouco apetite. Se está preocupado com o seu peso, o seu médico pode aconselhá-lo e apoiá-lo. As orientações para uma alimentação saudável são as mesmas na Leucemia Linfocítica Crónica e para todos:

Fale com o seu Profissional de Saúde sobre o seu caso específico.

É importante beber líquidos suficientes – pelo menos 1 litro por dia, que corresponde a 6 a 8 copos grandes ou canecas. Não tem de ser só água – qualquer líquido sem açúcar serve, incluindo chá, café ou leite.

Evitar álcool ou ingerir o mínimo possível pode ajudá-lo a controlar a fadiga. A Organização Mundial de Saúde identifica a redução do consumo de álcool como uma prioridade de saúde pública face ao impacto na saúde. [4]

Problemas no fígado, hipertensão, risco aumentado para vários tipos de cancro ou ataque cardíaco são alguns dos efeitos prejudiciais de beber regularmente álcool acima do nível recomendado. [5]

O álcool também é rico em calorias e pode contribuir para o aumento de peso.

Embora o sal e o açúcar possam tornar os alimentos saborosos, consumir muita quantidade de ambos pode ser mau para a saúde. O excesso de sal pode levar à hipertensão, o que aumenta o risco de desenvolver doenças cardíacas e de ter um AVC. O nível recomendado de sal para um adulto é não exceder os 6 gramas por dia. A maioria do sal que comemos está “escondido” em alimentos processados como batatas-fritas, cereais, pão, hambúrgueres e refeições prontas, incluindo molhos e temperos. [6]

Comer muitos produtos que contêm açúcar refinado, que normalmente são ricos em calorias e pobres noutros nutrientes, pode contribuir para um aumento de peso e problemas dentários. [3] As dietas ricas em açúcar também aumentam o risco de diabetes, obesidade e doenças cardíacas. Deve tentar evitar alimentos ou bebidas com açúcar refinado como doces, bolos, biscoitos e refrigerantes. Pode também optar por uma variedade de compotas, molhos e temperos com baixo teor de açúcar.


Perda de Peso

Por vezes, as pessoas com Leucemia Linfocítica Crónica (LLC) têm alguma dificuldade em manter o seu peso estável. Se está a perder muito peso pode ser necessário aumentar a ingestão de calorias. Isso nem sempre é fácil se não tiver muito apetite. Converse com o seu médico ou enfermeiro e, se possível, com um nutricionista para obter conselhos adaptados à sua realidade.


Saúde Mental

Sentir-se sobrecarregado é uma resposta comum ao diagnóstico de cancro e pode levar a sentimentos de ansiedade e depressão. É importante lembrar-se que não está sozinho. [1]

Alguns tratamentos podem exacerbar esses sentimentos, assim como a necessidade de fazer escolhas de tratamento, ter tempo e dinheiro para as necesssidades diárias, e/ou comunicar com a família e amigos próximos sobre o seu diagnóstico.

Manter uma rede de suporte forte – conversar com os seus amigos e familiares sobre a Leucemia Linfocítica Crónica (LLC), o seu tratamento e como é que eles podem apoiá-lo – vai ajudá-lo a desenvolver uma rede de apoio. Também pode entrar em contato com associações de doentes e grupos de apoio.

Falar sobre o que está a sentir

Falar com familiares e amigos sobre como se está a sentir pode ajudá-lo a reduzir sentimentos de stress e ansiedade, pois permitirá que eles entendam melhor o que está a passar e o apoiem da melhor forma possível.

No entanto, pode achar difícil falar com quem lhe é mais próximo sobre o que se está a passar. Se for o caso, recorra às associações de doentes e grupos de apoio, e procure conectar-se com pessoas que estão a passar por experiências semelhantes à sua.

Conversando com um terapeuta também poderá expor as suas preocupações e sentimentos sem medo de ser julgado.

A equipa de cuidados de saúde

Embora nem todos os doentes necessitem de tratamento desde o início, as suas dúvidas e preocupações sobre o tratamento podem existir e são igualmente válidas. Conversar com a equipa multidisciplinar que o segue pode ajudá-lo a aliviar quaiquer preocupações e a receber orientações sobre recursos que o podem ajudar.

Bem-Estar

Além de garantir uma boa alimentação e tempo para discutir os seus sentimentos sobre o diagnóstico e tratamentos, se puder, é importante que permaneça ativo regularmente e que reserve tempo para relaxar e descansar o suficiente, pois isso vai beneficiar o seu bem-estar físico e mental. A Leucemia Linfocítica Crónica (LLC) pode aumentar a probabilidade desenvolver infeções, por isso, para ajudar o sistema imunológico, tenha uma dieta saudável e equilibrada e tente evitar participar de atividades com grandes grupos de pessoas. Encontra abaixo algumas sugestões:

Exercício

Mantenha-se ativo e estabeleça metas razoáveis – estabelecer metas realistas para si vai ajudá-lo a manter uma sensação de realização e propósito.

Encontre atividades que goste, por exemplo, exercícios leves podem ajudar a reduzir os sintomas de fadiga.

Lembre-se de conversar com a sua equipa multidisciplinar antes de iniciar uma nova rotina de atividade física – manter-se ativo regularmente pode ajudá-o a gerir o stress e melhorar o seu humor. Também pode: [7]

  • Diminuir a depressão e a ansiedade
  • Ajudá-lo a manter a sua independência
  • Reduzir náuseas e fadiga
  • Reduzir os efeitos adversos do tratamento
Hobbies

Reserve algum tempo para si, para fazer coisas que gosta. Por vezes, pode ser tentador concentrar-se no que devia estar a fazer em vez de fazer algo que gosta. Encontrar tempo para relaxar, dar continuidade aos seus hobbies ou começar um novo, pode ajudar a reduzir os seus níveis de ansiedade e stress, pois focará a sua mente noutra coisa e irá permitir que tenha tempo para processar.

Também pode recompensar-se por alcançar os seus objetivos: almoçar fora, encontrar-se com um amigo ou cozinhar algo especial.

Está a pensar viajar? Converse com o seu médico sobre os seus planos. Assim poderá aconselhá-lo caso seja necessário tomar precauções especiais (por exemplo contra a diarreia ou lidar com climas quentes) ou fornecer informações práticas e dizer onde é que pode encontrar fontes locais de ajuda para quaisquer emergências médicas inesperadas.

Associações de Doentes

Este website foi desenvolvido exclusivamente pela Janssen Pharmaceutica NV. As Associações de Doentes e as fontes listadas em baixo são meios de informação adicional e independente que lhe podem ser úteis. Os mesmos não estiveram envolvidos na criação deste website, nem têm qualquer responsabilidade em relação aos seus conteúdos.

APCL – Associação Portuguesa Contra a Leucemia

Site

Facebook

Instagram

Contacto: +351213422205

APLL – Associação Portuguesa de Leucemias e Linfomas

Site

Facebook

Instagram

Contactos:
+351225488000
+351914349313

ADL – Associação de Apoio aos Doentes com Leucemia e Linfoma

Site

Facebook

Contacto: +351913314944

Bibliografia

NHS. Psoriasis: symptoms. Disponível em: https://www.nhs.uk/conditions/... Acedido em junho de 2020.
WebMD. Psoriasis. Disponível em: https://www.webmd.com/skin-pro... Acedido em junho de 2020.
British Association of Dermatologists patient hub; Psoriasis: an overview. Disponível em: https://www.skinhealthinfo.org... Acedido em junho de 2020.
National Psoriasis Foundation. About Psoriasis. Disponível em: https://www.psoriasis.org/about-psoriasis. Acedido em junho de 2020.
National Psoriasis Foundation. Guttate psoriasis. Disponível em: https://www.psoriasis.org/abou... Acedido em junho de 2020.
DermNet NZ. Guttate psoriasis. Disponível em: https://dermnetnz.org/topics/g... Acedido em junho de 2020.
National Psoriasis Foundation. Inverse psoriasis. Disponível em: https://www.psoriasis.org/abou... Acedido em junho de 2020.
Singh RK, et al. Psoriasis: Targets and Ther. 2016:6 93–104.
National Psoriasis Foundation. Erythrodermic psoriasis. Disponível em: https://www.psoriasis.org/abou... Acedido em junho de 2020.
National Psoriasis Foundation. Pustular psoriasis. Disponível em:https://www.psoriasis.org/abou... Acedido em junho de 2020.
British Association of Dermatologists patient hub; Psoriasis: an overview. Disponível em: https://www.skinhealthinfo.org... Acedido em junho de 2020.
DermNet NZ. Nail psoriasis. Disponível em: https://dermnetnz.org/topics/nail-psoriasis/ Acedido em junho de 2020.
Bagel J and Schwartzman S. Am J Clin Dermatol 2018;19:839-852.
Ritchlin CT, et al. N Engl J Med 2017;376:957-970.
National Psoriasis Foundation. About psoriatic arthritis. Disponível em: https://www.psoriasis.org/abou... Acedido em junho de 2020.
Arthritis Society. About arthritis. Disponível em: https://arthritis.ca/about-art... Acedido em junho de 2020.
Logo Janssen | Pharmaceutical Companies of Johnson & Johnson