O que se sente quando se tem Psoríase?

O que se sente quando se tem Psoríase?

A psoríase (Pso) é uma doença inflamatória mediada pelo sistema imunitário e os seus efeitos vão muito além da pele. Além de causar dor, desconforto, comichão e, consequentemente, insónia, também pode fazer com que os doentes se sintam muito infelizes. Um estudo que compara a psoríase com outras condições proeminentes concluiu que o impacto mental e físico é comparável ao observado em doentes com cancro, doença cardíaca e depressão – 37% das pessoas com Pso já tiveram pensamentos suicidas. Talvez isto se deva em parte ao facto de muitos doentes sofrerem exclusão social e discriminação devido à sua condição. Se tem Pso e se sente em baixo, quer seja ou não porque os seus sintomas não estão controlados, fale com o seu médico, para que este possa tratar os sintomas físicos ou a sua saúde mental, ou ambos.

 
PRINCIPAL DICA
Experimente substituir o sabonete e o gel de duche por cremes hidratantes, como emolientes

Se sofre de Pso, pode já saber que pode ser imprevisível e que pode ficar sem saber o que fazer. A inflamação da Pso está sempre lá, mesmo que não a veja, por isso, por vezes os sintomas podem parecer estar sob controlo, mas outras vezes não. Pode sofrer ligeiramente em algum momento ou mais gravemente noutro. Se sentir que a sua Pso não está sob controlo, ou se observar quaisquer sintomas novos, é importante falar com o seu profissional de saúde. Reunimos algumas dicas para o(a) ajudar. Cerca de um terço das pessoas com Pso desenvolvem artrite psoriática, por isso, fale com o seu médico se tiver dor, rigidez ou inchaço nas articulações, dor nos tendões ou inchaço nos dedos das mãos ou dos pés. O seu médico está lá para ajudar e para garantir que faz o tratamento adequado para si.

itching
Comichão (prurido)
  • Pode sentir uma sensação de queimadura/picadas
  • Pode ser difícil concentrar-se, descontrair, dormir ou desfrutar do que está a fazer
plaques
Placas
  • “Placas” vermelhas, inflamadas ou extensões de pele que podem apresentar escamas, comichão e dor
  • Podem aparecer em qualquer zona do corpo
  • Podem aparecer apenas algumas de cada vez ou muitas, juntas ou afastadas
  • Pode parecer que desaparecem e depois voltam a aparecer
flaking
Descamação
  • Podem cair escamas de pele de qualquer zona onde tenha placas ou extensões de Pso
  • Estas escamas não são contagiosa
Ferramenta de verificação de gravidade da Psoríase

Se o seu médico já lhe diagnosticou psoríase em placas, parte da aprendizagem sobre a sua condição é compreender quão gravemente a superfície do corpo é afetada. Tem dúvidas sobre que quantidade da superfície do seu corpo é afetada pela Pso? Para descobrir, use uma mão como guia, representa aproximadamente 1% da área total do corpo. Então, se achar que as placas no seu corpo cobrem o equivalente a 5 mãos, isso equivale a 5% do seu corpo. Mas, lembre-se, mesmo se a Pso não afetar uma parte significativa da superfície do seu corpo, pode ainda assim ser considerada grave se as partes afetadas ficarem muito inflamadas ou se forem muito espessas ou com muita descamação, ou se isso tiver um elevado impacto na sua qualidade de vida.

Qual pensa ser a gravidade da sua Psoríase?
Ferramenta de verificação de gravidade da Pso
Quer tirar o máximo partido da consulta com o seu médico?

Se tiver sintomas ou achar que o tratamento não está a controlar a sua Pso, fale com o seu profissional de saúde. Dê uma vista de olhos às nossas dicas úteis para o(a) ajudar a ter uma conversa produtiva durante a sua próxima consulta.

Poderá ter interesse em

Registe como se está a sentir

Pode ser fácil perder noção de como tem estado se não tomar notas.

Como preparar a consulta com o seu médico

Faça com que todos os momentos da consulta contem.

Sobre os tratamentos

Descubra quais são as opções de tratamento possíveis

Bibliografia

Abbasi, M. R., Sparano, J. A., Talavera, F., Besa, E. C., 2019. What is the prevalence of mantle cell lymphoma (MCL)? (Internet). Medscape. Disponível em: https://www.medscape.com/answers/203085-173653/what-is-the-prevalence-of-mantle-cell-lymphoma-mcl
Lymphoma and the lymphatic system (Internet). Macmillan Cancer Support. Disponível em: https://www.macmillan.org.uk/cancer-information-and-support/lymphoma/lymphoma-and-the-lymphatic-system
Mantle cell lymphoma (Internet). Cancer Research UK, 2020. Disponível em: https://www.cancerresearchuk.org/about-cancer/non-hodgkin-lymphoma/types/mantle-cell
Non-Hodgkin lymphoma (Internet). NHS, 2018. Disponível em: https://www.nhs.uk/conditions/non-hodgkin-lymphoma/
Lymphoma and the immune system (Internet). Lymphoma Action. Disponível em: https://lymphoma-action.org.uk/about-lymphoma-what-lymphoma-immune-system/lymphoma-and-immune-system
Mantle cell lymphoma (Internet). Lymphoma Action. Disponível em: https://lymphoma-action.org.uk/types-lymphoma-non-hodgkin-lymphoma/mantle-cell-lymphoma
Lymph Nodes and Cancer (Internet). American Cancer Society, 2021. Disponível em: https://www.cancer.org/cancer/cancer-basics/lymph-nodes-and-cancer.html
Lumps (Internet). NHS, 2021. Disponível em: https://www.nhs.uk/conditions/lumps/
Mantle cell lymphoma (Internet). Macmillan Cancer Support. Disponível em: https://www.macmillan.org.uk/cancer-information-and-support/lymphoma/mantle-cell
Low Grade Lymphoma: What You Need To Know (Internet). Lymphoma News Today. Disponível em: https://lymphomanewstoday.com/low-grade-lymphoma/
Ladha, A., Zhao, J., Epner, E. M., Pu, J. J., Mantle cell lymphoma and its management: where are we now? (Internet). BMC, 2019. Disponível em: https://ehoonline.biomedcentral.com/articles/10.1186/s40164-019-0126-0
Abbasi, M. R., Sparano, J. A., Talavera, F., Besa, E. C., 2020. Mantle Cell Lymphoma (Internet). Medscape. Disponível em: https://emedicine.medscape.com/article/203085-overview
Non-Hodgkin Lymphoma Risk Factors (Internet). American Cancer Society.,2020. Disponível em: https://www.cancer.org/cancer/non-hodgkin-lymphoma/causes-risks-prevention/risk-factors.html
Active monitoring (watch and wait) (Internet). Lymphoma Action. Disponível em: https://lymphoma-action.org.uk/about-lymphoma-treatment-lymphoma/active-monitoring-watch-and-wait
Coping (Internet). Cancer Research UK, 2021. Disponível em: https://www.cancerresearchuk.org/about-cancer/non-hodgkin-lymphoma/living-with/coping
The emotional impact of living with lymphoma (Internet). Lymphoma Action, 2021. Disponível em: https://lymphoma-action.org.uk/about-lymphoma-living-and-beyond-lymphoma/emotional-impact-living-lymphoma